Março de 2009 por Will Lukazi

''Já fui Caminho, já fui Paisagem e hoje eu sou Destino ''

Este Blog é Membro da...

Post 0099

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011.




Te amo de amar e sem

Mistério ainda do que foi

Aquela minha solidão antiga

Que perpetuava no meu espírito

Tão mínimo que eu tinha. Eu

De ficar ali com olhos húmidos

Como um menino de castigo em

Dia festivo, aprendi refletindo

Que flexionando o verbo Vida

Acabaria por amar mais-que-perfeito.

E feito coisa que não se ensina,

Me nasci aos poucos

E descobri que de amar te amo

De forma lenta e crescente

Como um pano quente sobre a ferida que

Suga e sana o pus latente. E

Sem mais por complicar te amo

De amar como eu fazia

Naqueles sonhos que sempre se

Repetiam e se delatavam desejos

Escondidos no meu umbigo de

Apaixonado e transformado em

Amigo íntimo.E foi te amando

De amar é que acabei descobrindo

Que te amo ainda como se o infinito

Se envolvesse em mim e

Transformasse o meu vazio

Na imensidão mais bonita.


E o amor está ''on'' no ar.....ainda.




12 Comentários:

Grasi disse...

Adorei Will. O amor é o único sentimento que nos tira da solidão, deixa o nosso dia mais florido. É como vc disse: “... transforma meu vazio na imensidão mais bonita’’. Esse poema revela realmente como o amor vem crescendo e se desenvolvendo dentro de nós, pobre de nós, indefesos contra esse vírus chamado amor. Felizes os que tem final feliz.
E mais uma vez, parabéns... Bj

Van disse...

"...e feito coisa que não se ensina, me nasci aos poucos e descobri que de amar te amo..."

Não encontraria outra frase mais perfeita que essa e digo que agora é a minha vez de roubar uma frase sua para mim..haha...IRRETOCÁVEL !!

Ahhh esses sonhos que se repetem e delatam nossos desejos...são incríveis...

Will querido, se tivesse tempo hoje ficaria o dia todo aqui, de frente para essa obra prima só sorvendo todo o amor que há dentro dela e me enfeitando disso porque é só o amor que me alimenta, me dá brilho e me dá luz por entre os meus dias...sem amor eu nada seria...(ouço o Renato dizendo isso em seu vozeirão...)

Depois da minha noite ontem, seu texto me lançou direto pro céu e agora estou lá em cima, sentadinha em uma nuvem, olhando tudo aqui embaixo...ai ai...

Desculpe não ter pedido para vc segurar minha mão ontem, nem eu mesma sabia do que o destino iria me pregar...foi tudo tão sem esperar e quando eu vi...já tinha sido. E se meu coração não saiu pela minha boca ontem, ele não sairá nunca mais pq ele estava bem aqui no pescoço já de tão forte que batia quase que pulando do peito como nunca vi igual...Meu Deus ! Só posso mesmo estar louca...Grande Beijo !

Will Lukazi disse...

Bom dia, grasi !

Sim, felizes os que infecctados por esse vírus conseguem um final feliz...não digo a cura: seria pedir demais....rsrsr


bjuuss grasi...

segundo dia consecutivo e vc aqui...rsr...muito bom isso...

Will Lukazi disse...

fike a vontade amiga vAn, pegue a frase que quiser ou todo o poema, afinal como vc mesmo disse que o amor que te alimenta vc tbm encontrou nos versos dele.

eu te perdoo por ter soltado minha mão, mas que isso não se repita...rsrsr...como posso te proteger desse jeito? ...rssrs....

( vai ver que é exatamente isso: vc nao keria proteção nakela hora..kkkkkk...) como é difícil ser um anjo da guarda pra esse pessoal imenso...rsrsr...

Sonhos repetidos ? sim, eles são uma praga viu...kkkkk...

Van disse...

Atenção Sr. Will Lukazi , uma onça e uma rocha esperam pelo senhor no Blog Meus Escritos e Outras palavras para uma breve apresentação da história de duas criaturas tão diferentes, mas que se encontraram e pelas mãos de uma outra, não menos louca e que só ela poderia achar que onça combina com rocha, acabou de inventar um Conto...
Atenção , atenção...rsrsrsrsrs

Will Lukazi disse...

pelo thriller aqui deve ser um filmaço hein....kkkk...posso pagar meia-entrada ? ah, deixa vai, van.....kkk

Van disse...

Tua entrada é free, mesmo porque esse negócio de onça quem inventou foi vc e a rocha também, eu só metaforizei tudo, juntei e deu samba, ou melhor...história, meio infantilzinha, bobinha...sem pretensão nenhuma, preciso me aprimorar nesse terreno que para mim ainda é desconhecido...

Ahhhhh...e quanto a proteção de ontem, eu não queria mesmo...desculpa, por isso não te chamei...achei que dava conta sozinha e até que consegui, pena que durou tão pouquinho... e do coração já sei que não vou morrer, pode ser de amor, mas não será do coração porque ele ontem aos saltos conseguiu ficar aqui dentro. Você já teve seu coração aos pulos saindo pelo peito a fora ? Que sensação louca é essa, amigo ? Nunca em minha vida tive isso assim , dessa forma e tô falando sério agora, sem metáforas. Era o músculo em seu nível mais intenso de execução aqui...Putz ! Grande Beijo... Adorei seus comments hoje...Ontem era Anoitecida e hoje estou Revivida, minhas palavras foram doces preces atendidas...rs

Anônimo disse...

Perfeito!!!! Você desenhou o amor em palavras!


" Ainda que falasse a língua dos homens e falasse a língua dos anjos, sem amor..."

Tamires Buliki. disse...

Estamos percebendo como está "on" esse amor! hahaha
Belo texto, rapaz!
Beijo.

Will Lukazi disse...

kkkkk....minhas invenções sim, mas a partir do que eu vi, tá bom...srsrsr...por falar nisso não fui la até agora..dia ocupado, mas agora mais tranquilo ja to me direcionando até os seus domínios vanvan marruá ( como sempre e que bom...rsrs...)
Já tive essa msm sensaçao que vc teve..rsrs...


bj

Will Lukazi disse...

oi amigo anônimo...

então digamos que o amor é uma alquimia: pode se transformar em tudo e tomar todas as formas...se for mesmo o amor então é válido.

''...e ainda que conhecesse todos os mistérios e tivesse o dom das profecias sem amor eu nada seria.''


um abraço amigo legionário.

Will Lukazi disse...

olá amiga tamires...

kkkk....deu pra perceber é? rsrsr...

que tal transformarmos tudo isso aqui em amor hein....rsr...
tenho o prazer de ler seu blog e sei que o seu tbm não está OFF...rsrsr...
ao seu modo, é claro.


bj e volte sempre, garota !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Baixar Sertanejo - Templates Grátis