Março de 2009 por Will Lukazi

''Já fui Caminho, já fui Paisagem e hoje eu sou Destino ''

Post 174

quarta-feira, 6 de maio de 2015.





A gente que viaja pelas beiradas da palavra
sabe do precipício,
sabe aonde tudo acaba.

Sabe que o Início é meramente um ser fictício,
não existe,
é só mais um conto de fadas.

Sabe que a Liberdade é um recinto
de portas e janelas largas,
porém lacradas.

Parabenizo o Nada com uma salva de palmas,
 pois de tudo que se finge
ele é o sentimento mais sóbrio
aquele que chega forte
ao cair da tarde






https://www.blogger.com/comment.g?blogID=871316102844498532&postID=1520428061216812806&isPopup=true

5 Comentários:

Anônimo disse...

Esse "nada" é saudade?

Anônimo disse...

Demorou nos privilegiar com novas postagens que fazem ter o gosto por leituras.
Abraços
Jcjulinho

Will Lukazi disse...

Oi amigo anônimo!

''é o sentimento mais sóbrio
aquele que chega forte
ao cair da tarde''

Obrigado por vir aqui.

Will Lukazi disse...

E aí meu amigo JC!

Como vão as coisas? Tudo bem?
Obrigado pelas palavras, camarada. Grande honra.

Um grande e carinhoso abraço

Van disse...

ahhhh Will, nunca vi alguém definir tão bem o ofício de "palavreadores"
talvez só Florbela Espanca em "Ser Poeta" e você no post 174.

No Buliço frenético da alma é onde existimos.

Grande e Super Will, um abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Baixar Sertanejo - Templates Grátis