Março de 2009 por Will Lukazi

''Já fui Caminho, já fui Paisagem e hoje eu sou Destino ''

Post 137

quinta-feira, 9 de junho de 2011.










Pra falar a verdade a festa não estava lá grandes coisas, mas eu pouco me importei com isso. Eu queria apenas me sentir rodeada por pessoas e saber como é a sensação de me interagir um pouco mais com outros da minha mesma espécie. Eu realmente precisava de tudo aquilo. 

Já estava cansada de me trancar no quarto, dedilhando notebook ou ficar horas conversando à sós com o Ralf, o meu cãozinho basset de estimação ou ouvindo música do The Cramberries enquanto olhava para o teto feito de passado e gesso. O engraçado é que na festa eu fiquei sabendo que algumas pessoas faziam exatamente o caminho inverso que eu havia decidido tomar naquela noite__como diria Drumond, ‘’Mundo, Mundo, vasto Mundo...’’ tem espaço pra todos e tudo, não é mesmo. 

Entendam bem, eu não fui à festa pra encher a cara de bebida e vomitar no jardim de minha casa. Mas bem lá no fundo eu contava e torcia pela ajuda etílica a fim d’eu transformar cada diálogo e corpo e boca e olhos e saliva numa grande oportunidade. Fala nada não. Depois eu até faria um Blog postando sobre coisas das quais eu nunca me arrependeria...pelo menos eu acho. 

E pensar que toda esta minha tomada de atitude começou ontem cedo quando remexendo na minha árvore genealógica descobri uma forte tendência de tristeza no meio de minha família. Aquilo me incomodou bastante. Como era possível, se eu sentia desde tempos mais remotos que a incansável bactéria da Felicidade sempre me parasitava e me perseguia apesar de nunca ter-me sido plena? 

Aquela festa me diria. Talvez eu ainda pudesse ser feliz mais cedo.

The Cramberries - Linger


18 Comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Temos que viver novas situações, sairmos de nós mesmos, e encarar a vida, em busca da alegria e felicidade.
Abraços

Jão disse...

Sempre podemos ser felizes. Basta acreditar.


Abraços!

C. disse...

A felicidade tem que ser procurada a todo custo, até pra contrariar a herança genética.

Esse texto me levou por um caminho conhecido Will, até parece que entrei na mesma festa, e até porque nao gosto de festa, sempre fiquei igual zumbi.

Coloquei no memes/selos vários mimos seus que adorei de montao. Quando tiver um tempo passe para ver, foi uma maneira de agradecer.

Adorei aquele negócio de "vibe", toca aqui na minha mao, então :->

Anônimo disse...

Oi meu amigo Will!!!

Você ás vezes parece descrever um momento de nossas vidas. Pelo menos da minha.

Curto demais The Cramberries. Principalmente Linger. Festas? Sempre me sinto muito deslocada.
Sair do quarto e deixar o pc de lado ou deixar de olhar as estrelas, planetas, a galáxia em adesivo, que colei no teto do meu quarto (que brilha no escuro).È necessário para que o meu mundo nao seja apenas quatro paredes.
Não tenho um cachorro, mas tinha a "janete", meu peixinho que vivia só no aquário ( beta). Me falaram que ele não gosta de companhia.

Não é só em festas que descubro que as pessoas fazem o inverso do que eu faço todos os dias....
Felicidade é uma busca constante de todos nós.
Ser feliz é algo maravilhoso sim.
Principalmente para aquelas pessoas que nasceram com uma deficiência , mesmo não sendo genética:tristeza.
Nascer triste e ser triste e buscar a felicidade como um poeta que precisa das palavras...

Um abraço super amigo!

Will Lukazi disse...

Olá Wanderley! Tudo bem contigo?

...e na maioria das vezes cola, wanderley....srsrrsrs...
Como diria Lulu Santos ''vamos nos permitir''. A vida é mesmo muito curta para levarmos a sério, não é mesmo.
É como você disse: ''temos que viver novas situações''e tentarmos o novo já que uma grande parte das pessoas não vivem realmente, mas apenas existem.

Wanderley, obrigado pelas divagações, as quais eu sempre me deixo levar, tendo em vista que meus pontos de vista muito se assemelham aos teus.


Super Abraço

Will Lukazi disse...

Olá Jão! Tudo bem contigo?

E creio, meu amigo , se acreditarmos com todas as nossas forças, tudo irá então conspirar a favor ( tipo algo que sempre ouvi...rsrsr)
Obrigado, Jão, por estar aqui mais uma vez e pelo comentário.

Super Abraço

Will Lukazi disse...

Olá Cris! Tudo bem contigo?

é verdade,Cris. Não se reparou, mas tem aquelas fotos antigas e amarelas pelo tempo de vários membros da família, mas você não consegue ver nenhum sorriso. Aquela nostalgia estranha, um peso no ar, uma estranha sensação de tristeza, mesmo que seja somente impressão, sabe.

Deixarei comentários no Cris Style( como gosto de dizer...pareço chique dizendo...rsrsrsr..)de antemão fico agradecido pelas homenagens, Crisinha....sua vie é sim mais que positiva. Yeeesssss! Pronto bati aí na tua mão...rsrsr...

Super Beijo!

Will Lukazi disse...

Olá amigo anônimo!Tudo bem contigo?

Talvez seja porque eu me conheça muito bem e a partir daí eu possa fazer um mapa aproximado dos outros...rsrsr....

The cramberries é um dos meus favoritos com certeza. Linger então é para mim um grande hino...já perdi as vezes em que viajei nessa música, como por exemplo quando eu estava a procura de emprego em São Bernardo do Campo em São Paulo, ela sempre me acalmava e me fazia pensar melhor...
Eu também nunca me dei muito bem com festas. Eu me considerava mais seguro dentro do mundo que havia dentro de mim e lá sim eu dominava todos os meus medos e felicidades.
Por muito tempo meu Mundo foi quatro paredes, minha amiga, convivendo entre um turbilhão de pensamentos que eu não sabia o que fazer com eles até que descobri que se pode escrever pensamentos e aí nunca mais parei.Escrevia assim como faço hoje sem pretensão alguma , mas apenas libertar aquilo que tá preso no peito e na mente.

Creio que podemos vencer a tristeza, creio na cura do espírito pelo espírito e creio principalmente que há subterfúgios para isso e penso que eles estão em nós mesmos.

Posso te afirmar que a tristeza em mim é algo comum todos os dias assim como a alegria também o é. Convivem lado a lado e só tenho a agradecer por isto. Sei que eu não seria quem sou sem minha tristeza assessorando meus risos a todo instante. Se eu vivesse só rindo eu com certeza não saberia em que mundo eu vivo realmente e talvez me assustaria quando descobrisse. Amo muito minha tristeza, minha nostalgia e minha introspecção, pois através de todas elas Deus já falou comigo. Veja por exemplo Jesus quando na Terra. Não me lembro de nenhuma passagem bíblica dele conversando com Deus trocando sorrisos,em momentos de alegria, porém nos momentos de dor e escuridão ambos eram mais que Pai e Filho...eram realmente Um e Intimos.

Super Abraço!

DÉIA disse...

will, naum tem jeito mesmo vc decifra tudo que está oculto dentro de nós. Mais uma bela postagem. Seus textos parecem desenhos da gente.Lindos!mil bjuuussssss

Will Lukazi disse...

Olá Déia!Tudo bem contigo?

srsrsrs...bondade sua pensar assim. Muito obrigado pelo comentário e pela presença. Ah, devo-lhe também uma visita ao teu blog...oportunamente estarei quitando esta dívida, tá bom.

Super Beijo!

C. disse...

Hehehe esse "papo" entre você e a Deia me divertiu... desculpe Will-zinho, tive que falar.

Uau, que bom gosto musical, hein? Amo essa música!!!
Adorei ver todo mundo "aprendendo" a botar música, sinal que a explicação foi boa, mesmo para quem nao está familiarizado, o que nao é teu caso né Will-zinho :>>

Hoje coloquei mais um post sobre essas dúvidas do blog, e caso saiba aquela dúvida lá que eu tô, me diga depois...

Sabe Will, festa pra mim, por incrível que pareca, sempre foi sinal de tristeza. Pode parecer louco isso, mas acho que é o lugar onde as pessoas estao mais tristes, procurando a "diversão" em lugar errado.... mas sei lá, cada um tem uma opinião, mas essa é a minha.

Meu querido, um ótimo fim de semana, com muitos beijos e abraços, afinal aí é dia dos namorados né!!!!!!

Anônimo disse...

Oi amigo Will!
Você me levou a reflexao novamente e isso me parece bom. Talvez muitas pessoas não seriam quem são se não fosse certos sentimentos que trazem consigo...
Tem sempre dois lados, porém um sempre pesa mais. Devemos tentar o equilíbrio. Uma outra busca constante não é? : Equilìbrio.



um abraço amigo!

Will Lukazi disse...

Olá Cris! Tudo bem contigo?

Não precisa se desculpar por nada, Cris.Eu e déia as vezes somos dois burocratas...srsrsrsr
E gosto de praticamente de todas as músicas do CRAMBERRIES , inclusive a EMPTY, nota 10. Essa ferramenta é muito interessante e muito boa...já tô copiando...rsrsr..

Vou sempre dar uma passada por lá para saber das ''novis'' desse jeito...rsrr...

Temos isso em comum então, pois festa para mim era sofrer antecipadamente: muita zoeira, muita gente...respeito e tal, mas nunca foi minha praia.

Muitos beijos e abraços e ótimo dia dos namorados néééééée...srsrsr....

Will Lukazi disse...

Olá amigo anônimo!Tudo bem contigo?

Sim, a tristeza e a alegria eu penso que seria como aquele super-héroi que sempre tem seu inimigo equivalente em poder e magnitude, mas que no final este mesmo inimigo sempre perde.
É o equilíbrio natural das coisas, do universo....os dois caminhos, o livre arbítrio....
No meio disso tudo devemos ficar com a mente atenta para a busca de lições e aprendizados para sairmos fortalecidos....

Bom te ver de novo, meu amigo! Volte sempre e sempre e sempre....

Super Abraço!

Ligia Barbosa disse...

Olá Will!
Quanto tempo!
Felicidade a gente só tem quando a busca, todos temos um lado fraco, com tendencia ao negativismo, mas como tudo na vida, há o o outro lado, o lado que tende a nos levar à felicidade plena, basta decidirmos qual lado iremos escolher.

;)

Grande Beijo!

Will Lukazi disse...

Olá Lígia! Tudo bem contigo?

Também acho que a felicidade é conquistada, embora tenha nela alguns valiosos requícios de sorte e de acasos.Bem, dizem também que a sorte pertence aos que lutam, então no final das contas voltamos ao início, ou seja, que a felicidade nasceu para ser conquistada mesmo.

Todos a postos !!!! rsrsrss...

Super Beijo, Lígia!

Matheus Farizatto disse...

Pois é, Will, e por que nao tentar?
Só assim saberemos o que é melhor.

Um abraço e desculpe a ausência.

Will Lukazi disse...

Olá Matheus!Tudo bem contigo?

É verdade, meu amigo! E por que não tentarmos, afinal,creio, que o prêmio seja maior que o sacrifício.

Sim, você sumiu. Não faça mais isso,menino!!! rsrsrsrsr

Volte sempre, meu camarada.

Super Abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Baixar Sertanejo - Templates Grátis