Março de 2009 por Will Lukazi

''Já fui Caminho, já fui Paisagem e hoje eu sou Destino ''

Este Blog é Membro da...

Post 120

segunda-feira, 4 de abril de 2011.







Nunca deu certo isto d'eu olhar para o céu e ficar imaginando o futuro. No máximo o que acontecia era eu arriscar um palpite meteorológico a partir da presença de nuvens claras ou escuras. E quer saber: era mais fácil eu acertar se ia chover do que prever com quem eu me casaria. Era mais fácil eu acertar que horas eram aproximadamente do que saber se eu tinha mais um ou dois minutos de vida. Foi então que vi a grande bobagem de me entregar a ansiedade de coisas que ainda nem existiam. Só quem lucra é a Jequiti com aquele creme de acabar com as rugas. Decidi viver meu tempo e parei de achar que estava velho com 16 anos e alguns dias. Era muito pessimismo sem nunca ter feito nada para conquistar isso. Cresci unicamente por osmose, afinal todos exigem isso da gente, de crescer, desenvolver, virar adulto. Só se esquecem que será esta exigência é que nos matará um dia. Coisa maluca. Quanto ao amor...bem, eu me lembro de um menino de 13 anos que tomou coragem e foi dizer à garotinha que ele a amava muito. Era recreio num pátio em uma escola de que ele não se esquece nunca. A garotinha com um canudinho na boca encheu-a de suco para em seguida espirrar no rosto daquele futuro eremita, todo o líquido e trauma que escorriam. Ela gargalhava tanto e apontava o dedo para ele como se todos não soubessem de quem era o coração estilhaçado naquele momento. Mas o garoto descobriu com o tempo que tudo aquilo era roupa para poesia e violão afinado para melodias. Certas coisas se tornam bobas com o tempo. Mas vai dizer isso para o subconsciente__esse sistemático maldito.



Não é necessário clicar nas imagens


34 Comentários:

нєllєи Cαяoliиє disse...

Definitivamente certas coisas com o tempo,se tornam bobas e insignificantes,o que é mais dificil é que dentro de nós capte isso,e sabe? pra que forçá-lo? Quanto mais tentarmos,mais não conseguiremos,então se tivermos que bater com a cabeça,tropeçar,se estilhaçar no chão como fizera com o coração,que nos deixe cair,pois ao levantarmos,levantaremos mais fortes,e a cada levantar teremos outra e outra visão a olhar novamente nosso redor, são degraus que subimos para encontrar realmente o que nos espera! ;)
Beijos e tenha um ótimo dia!

Anônimo disse...

Olá meu amigo!
Sabe, nunca deu certo eu querer entender o que acontece comigo. Como tambem nao deu certo tentar viver exatamente a idade que eu tinha como exirgia a vida. Pra seguir o r´tmo natural. Não, nunca consegui.Aos 18 ja parecia ter 30 anos, e quando cheguei aos 30 sentia a leveza dos 12.rsrs. E com isso meu amigo, só fiz tropeçar nos próprios pés; e quando brincavam com meus sentimentos eu ainda pensava que eu poderia ter feito algo errado;mas não era bem assim;Eu sempre vi as coisas bem maior do que elas apresentavam;
Cair, bater a cabeça, errar o caminho... são coisas que pareciam ser e ainda, confesso, que parecem ser um monstro debaixo da cama.Mas agora depois dos 40, isso acontece ás vezes...
Somos taõ complexos meu amigo, mesmo que digam que vale a pena as coisas simples. Elas valem mesmo.

Um abraço amigo!!!

Hingra Durkin disse...

super will adorei seu blog... muito bom mesmo... vc tem muitooo talento, poeta nato

lyon fera disse...

Will Jequiti nada...bom mesmo e o Cronos da Nattura...hehehehe...esse sim ajuda nas ruguinhas...a Dona Lyonn me deixa usar o dela...abraçao meu amigo...

Will Lukazi disse...

Olá Hellen ! Tudo bom contigo ?

É tipo aquele ditado de ferreiro né: o aço bom é forjado a ferro e fogo.

Se pra sermos melhores é preciso tomarmos um monte de pancadas...que assim seja então...

Teu raciocínio é cortante mais é verdadeiramente sábio, Hellen...

Obrigado por estar aqui...

Super Beijo !

Van disse...

Passei só pra te deixar um Oi e um Beijo. Ainda não comentei , mas assim que der , o farei !

Saudadesssssssssssss , correndooooooooooo !

Zélia Gadelha disse...

O futuro é o presente ainda não existente e o passado só existe na memória, portanto, ambos não existem. Viver o presente intensamente é o que importa! Adorei Will!
CARPE DIEM!
Bjusss

Sam. disse...

ótimo texto Will!!

vivendo o presente é que se constrói um futuro!

Um beijo!

Dory disse...

Lindo texto Will!Adorei sua visita Bjs!

Lianah disse...

Sofrer antes de viver, sempre nos anseia. E, com certeza passar por decepções e momentos difíceis nos transforma e quando temos sabedoria convertemos como você disse: "Tudo aquilo era roupa para poesia e violão afinado para melodias"...

Ah... queira que seguisse meu outro blog: jovensjornalistas2012.blogspot.com ... Se quiser contribuir com crônicas, aceitamos é só enviar para o e-mail: jovensjornalistas2010@hotmail.com

Abraços

xD

Carol disse...

Parabéns,como no texto "tudo aquilo era roupa para poesia e violão afinado para as melodias..." essas coisas que passamos,sofrimentos e tudo mais se convertem em belos textos,em poesias,como este mesmo :D
"Certas coisas se tornam bobas com o tempo",mas no momento em que acontecem,são praticamente o Apocalipse para nós,principalmente para nós.
Excelente,abraço ;*

Will Lukazi disse...

Olá amigo anônimo!Tudo bem contigo?

Muito tenso né ! Eu sei bem como é isso de não seguir a nossa idade real. Coleciono um catálogo de erros ( como diria Renato Russo ), mas faço canções delas. Sempre tive medo de ''monstros por debaixo da cama '' e te confesso que ainda hoje tenho. A única coisa que mudou foram os monstros...o medo continua o mesmíssimo. Na verdade a beleza das coisas simples está no modo sutil em que são complexas. Como por exemplo uma simples asa de passarinho que é mais complexa que uma complexa asa de um avião a jato...e isso faz toda uma diferença.
Obrigado por mais este comentário.

Super ABraço !

Will Lukazi disse...

Olá Super Hingra! Tudo bem contigo?

Eita que só te encontro naquele tal de Facebook hein...rsrsr...
Muito obrigado pelas palavras, hingra. Vindas de você é uma grande honra.
Que bom que tenha gostado ! Te convido a participar mais vezes.

Super Beijo !

Will Lukazi disse...

Olá Lyon! Tudo bem contigo?

kkkk...Quer dizer então que você já anda fazendo uso desses produtinhos né...kkkkkk.....
Um grande abraço !

PS: você é um revendedor ? kkkkkk

Will Lukazi disse...

Olá Van! Tudo bem contigo?

Ooooooiiiiii tambééééééém sua apressada....rsrsrsr....

Sem problema, Van....te cuida viu.

Estarei te esperando por aqui.

Super Beijo !

Will Lukazi disse...

Olá Zélia! Tudo bem contigo ?

Carpre Diem,minha amiga...carpe diem!

Parece que ouvi sua voz daqui.
Belo comentário.

Super Beijo !!

Will Lukazi disse...

Olá Sam! Tudo bem contigo ?

O que importa realmente são os minutos e não as horas; são os dias e não as semanas; são as semanas e não os meses.

Como diria Renato Russo: ''viver é uma dádiva fatal. No fim ninguém sai vivo daqui, mas vamos com calma''.

Obrigado por comentar, Sam.

Super Beijo !!!

Will Lukazi disse...

Olá Dory! Tudo bem contigo?

Obrigado pelo comentário e fico feliz por ter comentado.
Visitarei lá mais vezes, se Deus quiser.

Super Beijo !

Will Lukazi disse...

Olá Lianah! Tudo bem contigo?

Mal dos ansiosos, não é mesmo ?
Quanto a frase é verdade, afinal na natureza até aquilo que é podre pode vir a ser matéria prima de algum produto de qualidade....

Obrigado pelo comentário e na oportunidade eu estarei visitando sim o Blog que me propôs, inclusive deixando minha humilde contribuição.

Super Abraço !!!

Will Lukazi disse...

Olá Carol! Tudo bem contigo?

POis é Carol ! Como na resposta ao coment da amiga Lianah, posso dizer pra você que até o elemento mais podre da natureza pode vir a ser matéria prima na construção de um produto de qualidade.

É verdade: as coisas ruins só não doem quando estamos a muitos anos já afastados delas, embora tenha sido o nosso inferno particular no momento em que aconteceram.
Obrigado por comentar e por ter sido tão atenta ao ler o texto.

Super Abraço !

C. disse...

Olha só, tive o prazer da visita do super Will :-)

Quando paramos para pensar em certas coisas (do teu texto) é bom porque finalmente descobrimos àquilo que pertencemos, o que temos, nossa forca e coragem, e desde a barriga.
E certas rejeicoes nessa idade, tem que ser trabalhada para nao criar complexos ou traumas no futuro. Creio tem você tá sabendo administrar certos amargores.

DRYELE disse...

eu nen penso no meu futuro rrss
ta otimo seu texto
beijos
:)
andryelle.blogspot.com/

Anônimo disse...

Oi lá meu Amigo! Você tem razao. Só mudam os monstros... Mas vamos aprendendo a vencê-los.



Um super abraço amigo!

Anônimo disse...

"É preciso reviver o sonho e a certeza de que tudo vai mudar.
É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos, nem os desejos de razão.
O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração, pois a vida está nos olhos de quem sabe ver.
Se não houve frutos, valeu a beleza das flores. Se não houve flores, valeu a sombra das folhas. Se não houve folhas, valeu a intenção da semente."

-Henfil-

Deixo esse pequeno texto,só pra dizer que na vida td tem seu valor,mesmo sendo ansiosos,medrosos,e acreditando que com 13,14 anos estávamos amando..Aiiii..e era bom acreditar ..mas com o tempo vamos nos tornando adultos e achando que td aquilo era bobagem de quem estava descobrindo a vida...mas é ai que nos moldamos pro mundo..diante de nossas imperfeiçòes,idealizações,e sonhos que queremos alcançar,vamos construindo nossa estória,hr tristes,hr felizes..mas que valem a pena viver!!!

Bjos Sr.Lukazi!!!

DÉIA disse...

lá, seu texto é tão denso e forte, nos empurra ao ambiente que você nos propõe, mas faz isso de uma maneira calma, branda, sem empurrões. Isso faz com que a mensagem transmitida se torne mais bela ainda. Vi no seu texto um pouco de ansiedade, deslocamento,descontentamento,desilusão e trauma, como a maioria de nossas vidas.Acho que todos nós sofremos esses mesmos infortúnios, mudando apenas a forma com que cada um irá sofrê-los. Mas eu acredita e sei que você também acredita que a vida tem muito mais coisas lindas para se viver e sentir. Com certeza um pouquinho de esperança cobrirá uma multidão de traumas. Bela postagem, como de costume. Beijo e beijo e

Will Lukazi disse...

Olá Cris ! Tudo bem contigo ?

Pôxa,eu tava tão sumido assim?? srsr


É exatamente isso o que você disse. Precisamos ser fortes e vencer tudo que pode nos derrotar. Rejeições são terríveis , fazem um estrago daqueles.Tudo parece ser uma linha tênue entre a felicidade e os momentos tristes.

Obrigado por comentar, Cris. BOm tê-la aqui novamente.

Super Beijo !

Will Lukazi disse...

Olá menina Dry ! Tudo bem contigo ?

e faz bem viu. qdo menos pensamos mais ele tem a liberdade pra se desenvolver e ganhar forma. É como se fosse uma semente que plantamos, regamos, mas que não podemos ficar desenterrando todos os dias pra ver como se está.
Obrigado por estar aqui.

Super Beij0 !

Will Lukazi disse...

Olá amigo anônimo!Tudo bem contigo ?

Todas as estórias de contos de fadas acaba assim: o monstro é derrotado no final. Nossa vida não é muito mais que um conto de fadas também.

Super Abraço !

Will Lukazi disse...

Olá amiga anônima! Tudo bem contigo ?

Belo texto, como era de se esperar, do Henfil. Tem uma mensagem ímpar, simples, mas de uma grandeza em seu significado que o torna sempre atual.
Amando com 13 anos? rssr...Eu juro pra você que achava que aquilo ali era amor na época e ninguém me tiraria da cabeça...rsrrsr...mas era porque eu nunca havia sentido algo parecido e resolvi batizá-lo por este nome.Na verdade eu fui topar com este sentimento anos mais tarde...esse sim, real.
Como vocÊ disse: a vida apesar dos pesares vale a pena sim e enquanto estamos vivos ainda teremos muitas estórias pra contar...de repente a gente bate de frente com algum final feliz....Deus é fiel, não é mesmo....rsrsr...

Super Beijo, Senhora Anônima !

Will Lukazi disse...

Poxa, teu coment daria um outro post. Acho que você retalhou meu texto de cima embaixo. É exatamente tudo isso que você bem disse. Ponho aspas aqui em sua frase ''um pouquinho de esperança cobrirá uma multidão de traumas''. Obrigado pelo comentário.

Super Beijo !

Van disse...

Agora sim...sem pressa , lendo do início ao fim e adorando tudo. Suas palavras sempre tão eloquentes e sábias se revelam a cada novo parágrafo.

E nos desenham o cenário do amor , esse incompreendido. Aliado a ansiedade que nos traz a incerteza futura : química perfeita para nos levar aos desatinos.

Estamos sempre ansiosos por amar , por quem amar , como e quando. O coração pede isso e a vida faz mais , nos coloca diante de pessoas que nos despertam esse sentimento a fim de saber o quanto iremos suportar , invencíveis , ali , diante do amor , esse carrasco que adoramos e queremos sempre...e isso independe de tempo ou idade , acontece.

O futuro ? Deixa ele chegar , mesmo que ele teime em atravessar as raias do presente , segura ! Ele ainda não veio , virá e quem sabe com ele trará o amor.

Enquanto esse amor não chega vamos vestindo nossas poesias e nosso violão das suas doces notas e nos encantando pela vida. É lindo isso ! Grande Beijooooooooooo ! Saudades daqui !

Will Lukazi disse...

Olá Van ! Tudo bem contigo ?

Eu estava sentindo falta desses seus coments tão profundos e densos( gosto desta palavra ''denso'').

Pegue uma poesia aí e vou tentar mandá-la para o vilão, van...rsrsrs.
Você vai declamando e eu arriscando umas notas que façam sentido.Combinado?

Some não . Obrigado.

Super Beijo !

Matheus Farizatto disse...

Esse é mesmo um MALDITOOOOOOO! rsrs

Will Lukazi disse...

Olá amigo Matheus! Tudo bem contigo?

Estou pra te falar que somos feitos de 80% dessa coisa...srsrsr

Super Abraço !!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Baixar Sertanejo - Templates Grátis