Março de 2009 por Will Lukazi

''Já fui Caminho, já fui Paisagem e hoje eu sou Destino ''

Este Blog é Membro da...

Post 119

sexta-feira, 1 de abril de 2011.



Ela acordou num tempo qualquer e descobriu que era exatamente o tempo de Hoje. Havia se passado quinze anos e ela sem prestar muita atenção chegou ao Futuro. Tudo havia mudado bastante deste instante para o outro. Percebeu que morava em outra casa. Numa cidade vizinha. Tinha outra vida. Filhos e marido e um emprego para lhe ocupar e alegrar a mente. De vez em quando parava para se lembrar um pouco de tudo. Das velhas amizades. Dos antigos amigos de sala de aula. Lembrar da infância perdida. Da cidadezinha de ruas estreitas e construções antigas. Lembrar da família de antes. Lembrar de quando descobriu o amor pela primeira vez e tomou um baita susto. Hoje, ela está mais madura. Uma linda mulher com olhos e coração ardentes e ambos com eclipses e fases de lua. O sorriso continua uma delícia__eu já sabia que ele não morreria nunca. Parece uma pintura feita a óleo por Leonardo da Vinci num dia em que ele namorou até mais tarde sob um céu de azul e brisas. O espírito, ela não mudava nunca. Era a mesma simpatia, a mesma beleza em um rosto abençoado por traços perfeitos e dignos de sinceros elogios e olhares acesos. Os olhos dela não pararam no tempo e nem nas coisas. Permaneciam com aquele brilho atrevido de quem pode vencer qualquer tristeza. Aquela aura de Lolita, de alguma forma havia sido preservada enquanto ela viajava pela máquina do Tempo. Quinze anos se passaram como se fossem quinze minutos. Se admirou quando percebeu que já conseguia falar com autoridade sobre coisas e experiências de vida. Quem diria? Aquela menina de bochechas e gengivas lindamente rosadas, com olhinhos que se fechavam quando sorria, permanecia intocada pelo tempo, à prova dos minutos que passaram impiedosamente__ continuava linda e linda e linda e até mesmo aquele leve bigodinho comestível persistia. Marido, filhos e novos amigos. Ela traçava novos passos por este novo caminho. E ela sabia que podia fazer isso. Ela conseguia olhar para o passado, não com tristeza e nostalgia, mas com um sorriso aberto de quem viveu, chorou e sorriu como qualquer pessoa normal de seu tempo faria se estivesse tão viva como ela. Um novo mundo a cercava, mas ela não se amedrontou por causa disso. Aliás tudo era motivo para festa. Se alegrar um pouco com vinho e devorar um bom pedaço de carne fazia parte daquele belo espírito louco. 

Reza a lenda que, assim que nasceu, ela perguntou para Deus ''Posso?'', e Ele simplesmente respondeu '' Sim,Vai Nessa !''__ origem, aliás, do nome dela. 
A você, mãe, mulher e menina, envio minha saudade e minha lágrima mais bonita. Você é daquelas que sempre terá 14 anos. Já estou vendo tudo: envelhecerei sozinho. 



Quanto custa você aparecer bem aqui na minha frente para te dar um grande abraço? Juro que te pago à vista !!! 




Não é necessário clicar nas imagens


14 Comentários:

C. disse...

Nao sei se é pegadinha de primeiro abril ou nao, mas saiba que esse texto me emocionou. Nao ter uma mae é como viver à mercê da espera do grande dia de reencontrá-la. Eu conheço bem essa dor...

#Beijinho
Cris

нєllєи Cαяoliиє disse...

Ah,Querido Will...
Eu exatamente não sei se gostaria de sofrer pela ausência da minha mãe sem ela,ou sofrer com a ausência dela com ela em minha vida.
Díficil,díficil,mas é minha realidade.
A você desejo que colha teu melhor sorriso e lembre-se que um dia encontrará,e poderá abraça-la sem maiores preços ;)
Beijos

Anônimo disse...

Sabe meu amigo nao conheci a minha mãe, alías, quando ela se foi eu tinha 1 ano e alguns meses, então conheçê-la por foto alguns anos depois foi algo estranho,não sei como seria amá-la; mas a amei simplesmente ,Mas tive outra mãe logo depois que a primeira partiu e essa esteve comigo até os 17 anos...só posso dizer que Deus me previlegiou...o mais incrível que hoje me tornei estério e os meus filhos hoje seriam frutos de outros ventres. E eu seria mãe simplesmente, mãe...

Um abraço amigo!

Van disse...

Se ela não puder aparecer , serve eu ? O nome é o mesmo , o gosto por vinho e carne , idem , o jeito louco... só não tenho filhos...rs e já tenho um pouquinho mais de 30 anos...mas é pouquinho , nem se nota..rsrs Eu te dou um abraço em nome dela e vc nem precisa pagar , tá ?

Adorei os comments das fotinhus novas no face. As bochechas coraram diante de tantos elogios. O pessoal gostou da fotinho nova...hehehehe...eu tb ! Mas eu gosto dessa daqui , vou usar alternado para não enjoar e com as outras que tem lá , cada uma para um certo momento.

Saudade amigo ! Beijuuuuuuusss e correndo que o final de semana será pouco para tanta coisa a fazer.

Anônimo disse...

Passei para corrigir a palavra estéril...

Apaixonados disse...

Que lindo post. Escreve muito bem.
Concordo com a Hellen, não sei se é pior sofrer com a ausencia dela mesmo presente ou com a ausencia fisíca. Estar presente nem sempre é só estar ao seu lado.
Escreve muito bem.
Abraços
Thai

Will Lukazi disse...

Olá C. ! Tudo bem contigo ?

Oi minha amiga ! Estamos nos vendo no dia 1º de Abril né...rsrsr...Então, não é pegadinha, é mais um post mesmo...srsrsr. Sinto por vc, querida. Essa vida e essa péssima mania de nos tirar quem mais amamos.
Obrigado por voltar e por comentar.

Super Beijo !

Will Lukazi disse...

Olá Hellen ! Tudo bem contigo ?

Lindas e maduras as tuas palavras !
Obrigado por tudo e por estar aqui viajando pelos nossos escritos. É sempre um prazer recebê-la.

Volte sempre ! Te aguardamos ansiosos.

Super Beijo !

Will Lukazi disse...

Olá amigo anônimo! Tudo bem contigo?

Uma triste estória. Espero que Deus em Sua infinita sabedoria possa lhe confortar todos os dias e preencher os teus dias de modo que a vida tenha cada vez mais importância em sua existência; que Deus em sua profunda misericórdia possa compensar as tuas tristezas com alegrias e descobertas que inundem teu coração de encanto, surpresa e magia.Obrigado por estar aqui e compartilhar conosco esse lado tão delicado de sua vida. E por falar em Deus, fique sempre com Ele.

Super Abraço !!

Will Lukazi disse...

Olá Van! Tudo bem contigo ?

Se serve você???? É claro que serve sim, minha amiga poetisa !
Quanto as semelhanças e pequeninas diferenças, estas não são tão importantes quanto ao carinho que tenho por vocês.
Em relação ao abraço que me der eu faço questão de pagar sim. Ora se vou pagar !

Vi tuas fotinhas lá no Face e não resisti: tive que comentar mesmo. Penso que qualquer foto que você colocar já estará ''muito bem obrigado''.

Suade sua também. Hoje me sobrou um tempinho e aproveitei para pôr esta casa aqui em ordem, atualizando diversas coisa e inovando em outras que você poderá notar. Lembra que me falou sobre voltar com o POEMA DA SEMANA ? Pois é, ele está de volta. Uma pena que não consigo deixar o botão de comentários lá. Já tentei, mas não consegui. Passa lá e se quiser deixar algum recado, deixe no Mural aqui da página mesmo. Fique com Deus dona imensa-dona intensa.

Super Beijo !

Will Lukazi disse...

Olá amigo anônimo !

srsrsrs....não precisava se incomodar.

Super Abraço !

Will Lukazi disse...

Olá Thai ! Tudo bem contigo ?

Obrigado minha amiga pelas palavras sempre tão gentis. A questão levantada pela Hellen realmente é angustiante né. De qualquer forma toda forma de sentir dor é um tanto quanto desagradável. Resta saber se teremos lições que nos engradeçam como seres humanos né...só assim vale a pena sofrer ( de preferência só um pouquinho)

Super Abraço !

Anônimo disse...

Meu querido amigo!A cada post pareço ter uma um pedaçinho da minha vida pra colocar aqui. Confesso quando somos crianças nao entendemos certas coisas.Entao ficamos tristes e perdidos.E certas coisas ficam aqui dentro pra sempre! Mas acredite, Deus sempre foi e é muito misericordioso comigo.Tive duas mães, tive dois pais,e tenho 2fam´lias enormes de irmaõs e sobrinhos e sou muita amada.
E Sempre acreditei que quando a vida me fechava as janelas, Deus me abria várias portas. Ele está sempre comigo!

Um abraço amigo!

Will Lukazi disse...

Olá amigo anônimo! Tudo bem contigo?

Então sinto o que eu já esperava e o imaginável__Deus é sempre fiel e justo.

Tenho algumas estórias que se esbarram na sua assim como de outros se parecem com outras estórias. Enfim todos nós temos lá nossos dramas sem finais muito felizes, mas é preciso persistir. Deus não nos dá uma carga maior do que aquela que podemos suportar.

Vejo pelo seu comentário aquilo que eu já sabia__Deus é infinitamente bom e misericordioso.

Super Abraço !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Baixar Sertanejo - Templates Grátis